An Sciobairín / Skibbereen - The Dubliners (com legendas em galego-português). An Sciobairín (Skibbereen) Meu pai, amiúde escuito-te falar da ilha de Éire as suas majestosas paisagens, os seus verdes vales, os seus agrestes e esgrévios montes Diz-que é uma terra adorável, digna dum príncipe Daquela, por que a abandonaches, diz-me a razom Meu filho, amei a minha terra com paixom e orgulho até que uma peste levou as minhas colheitas e as minhas ovelhas e gado morreram Chegou a hora de pagar, e nom puidem, impostos e trabucos Eis a cruel razom pola que deixei o velho Sciobairín Lembro-che bem aquele tormentoso dia de Novembro no que o alguazil eo cacique vinheram para nos botar da casa Prenderam lume no telhado com o seu amaldiçoado assanho inglês Eis outra razom pola que deixei o velho Sciobairín A tua nai, que Deus a tenha na glória, deitada no chão nevado perdeu o sentido pola angúria de olhar a desolação que a circundava Nunca se ergueu, mais expirou da vida para os sonhos imortais Eis outra razom pola que deixei o velho Sciobairín Tu tinhas apenas dous anos e feble era a tua condiçom Nom podia te deixar com os meus amigos pois levas o nome do teu pai Assim que envolvim-te na minha coroça furtivo contra o fim da noite e com um suspiro dixem adeus ao meu querido Sciobairín Meu pai, o dia virá no que clamaremos vingança e os irlandeses bons e generosos atenderám a nossa chamada Hei ser eu quem guie a companhia baixo a bandeira verdescente e alto e claro erguerá-se o berro ...

Channel: Humans Channel

Related tags:

comments powered by Disqus









TerritorioScuola. Some rights reserved. Informazioni d'uso