A Dama da Noite abriu na madrugada e tive a oportunidade de registrar imagens do fenômeno botânico. O perfume é sutil e longe, bem longe, pode lembrar o odor da cânfora. Fotos da flor, folhas e detalhes de seu aparelho reprodutor. Dama-da-noite, Cestrum nocturnum, Cestrum leucocarpum, Cestrum parqui, , flor-da-noite, jasmim-da-noite, rainha-da-noite, coirana, coerana, jasmim-verde * Nome Científico: Cestrum nocturnum * Sinonímia: Cestrum leucocarpum, Cestrum parqui * Nome Popular: Dama-da-noite, flor-da-noite, jasmim-da-noite, rainha-da-noite, coirana, coerana, jasmim-verde * Família: Solanaceae * Divisão: Angiospermae * Origem: América Tropical * Ciclo de Vida: Perene A dama-da-noite é uma planta arbustiva, de textura semi-lenhosa e muito popular devido ao aroma inebriante de suas flores. Ela apresenta caule ereto e ramificado, com ramos sinuosos, a princípio eretos, mas tornam-se pendentes nas pontas. Seu porte é medio, geralmente 1,5 metros, mas pode atingir até 4 metros de altura. Suas folhas são simples, perenes, ovais a lanceoladas, brilhantes, coriáceas e sustentadas por longos pecíolos. As abundantes inflorescências surgem na primavera e verão, carregando numerosas flores tubulares, de coloração creme-esverdeada, que exalam um intenso perfume, principalmente à noite. Os frutinhos que se seguem, são bagas, de coloração branca, translúcidos. A dama-da-noite é uma planta vigorosa e de rápido crescimento, ela é utilizada geralmente isolada, mas fica bem em pequenos ...

Channel:

Related tags:

comments powered by Disqus









TerritorioScuola. Some rights reserved. Informazioni d'uso