Paul do Mar marcado pela emigração Com 20 anos Carlos Ferreira trocou o Paul do Mar pelo Panamá já lá vão quatro anos. Desde então precorre vários países da América Latina a bordo de atuneiros. A história de Carlos não é diferente da maioria dos habitantes do Paul do Mar, uma freguesia marcada pela emigração onde "uns trabalham a terra, outros trabalham o mar", conforme explica Maria Fernandes, que com 64 anos também já esteve emigrada na África do Sul. Austrália, Panamá, Samoa, Venezuela e Inglaterra são outros dos destinos escolhidos pelos 'pauleiros'. É no mar que a maioria procura sustento e melhores condições de vida. "Vale muito a pena", assegura Carlos Ferreira que não se arrepende de ter embarcado com 17 anos para a vida no mar. "Ganha-se muito dinheiro", sublinha. Mas neste "cantinho do céu" nem tudo corre de feição. Ainda há muito por fazer. A população vê com agrado o avanço nas obra do Centro Cívico, mas queixa-se da falta de emprego e do centro de saúde, por não ter atendimento permanente. FC;GF Bron : www.dnoticias

Channel: Humans Channel

Related tags:

comments powered by Disqus









TerritorioScuola. Some rights reserved. Informazioni d'uso